MAIS QUE BONITA, A UM PASSO DA TRÍPLICE COROA CARIOCA
Pensionista de Luiz Esteves faturou também o GP Diana

João Carlos Faro

O 7º páreo de domingo, 8 de março, no Hipódromo da Gávea, GP DIANA (G.1) - 2ª ETAPA DA TRÍPLICE COROA CARIOCA DE POTRANCAS, R$ 50 mil + R$ 16.969,71 (Added), reservado a potrancas de 3 anos, apresentou uma candidata ao cobiçado título, MAIS QUE BONITA (F.C.3a.RS - Agnes Gold e Feia Que Dói, por Scat Daddy), de criação e propriedade do STUD ETERNAMENTE RIO, que está a uma vitória de sagrar-se tríplice coroada.
Controlada pelo HENDERSON FERNANDES, foi ganhando posições durante o percurso e entrou a reta de chegada apenas atrás de Tanganyka. Depois de lutar com ela por alguns momentos, ultrapassou-a nos 200 metros finais e, na energia do Henderson, resistiu ao forte final de Helquis (Wild Event), que formou a dupla, a uma cabeça. Tanganyka (Midshipman), em bela carreira, foi a 3ª colocada, a 2 corpos. Garrucha Lerap (Wired Bryan) completou a quadrifeta, a 1 ½ corpo, e Quick’n Easy (Adriano) deu números finais ao marcador, a ½ corpo. A seguir: Kapalua, North Bound, Qaqui, Olympic Justice, Queen Of Rio, Hang Loose, Hacienda, Que Bacana e Happy To Be Me (algo houve).
MAIS QUE BONITA, mantida em forma impecável pelo campeão LUIZ ESTEVES, conquistou sua 5ª vitória clássica em 8 atuações, sem jamais deixar de figurar no marcador. O tempo para os 2.000m, grama pesada, foi de 2’00”38.


Mais Que Bonita, com H.Fernandes, tem tudo para ser Tríplice Coroada

 

 

 
 
 

© 2020 - Jornal do Turfe Ltda.
Copyright Jornal do Turfe. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do Jornal do Turfe.