HIPÓDROMO DO CRISTAL
Marcos Rizzon


QUEEN OF CLUBS E SONHADOR VI SEGUEM LÍDERES

* Na última reunião tivemos as disputas para os 2 anos, das segundas etapas da Tríplice Coroa Juvenil.

* No Clássico João Matas Soles ‑ 2ª Prova da Tríplice Coroa Juvenil ‑ Versão Potrancas, Queen Of Clubs - a líder inconteste - deu mais um galope de saúde, estando a um passo de ser Tríplice Coroada. Pilotada pelo líder Marcelo Bruno Souza, a filha de Victory Is Ours, é de criação do Haras Vale Verde (que entrou definitivamente na briga pelo título de Criador do Ano), pertence a Coudelaria F.B.L. (do Claudio Dargevitch, que não pôde comparecer porque perdeu sua mãe - nossos pêsames) e foi apresentada pelo Adriano Soares.

* Representei o Ricardo Degrazia Matas na entrega da premiação e repassei ao cavalariço Ricardo (Xaxinho) a importância de R$ 200,00, presente sempre dado pelo titular dos Haras Salamandra/Haras Campestre a esta tão importante categoria e que deveria ser muito mais valorizada.

* No Clássico Eolo Antonio Arioli ‑ 2ª Prova da Tríplice Coroa Juvenil ‑ Versão Potros, o favorito Sonhador Vi, muito bem dirigido pelo Leonardo Gouvea, aparou por cabeça o ataque final do Moro do Kentucky, que perdeu uma de cinema. O filho de Wired Bryan, segue invicto. Ponta e dupla do Rafael Freitas Silva (Chafariz), que está iniciando com sucesso na profissão de treinador.

* Tudo começou com um passeio de um foguete: Galo Grego, com o Antony Renan, largou e acabou. O filho de Billion Dollar, é crioulo do Thiago Batista, de propriedade do Stud Slick e treinado pelo Nilton Pires.

* Pogain, com o M.B.Souza, largou bem e pegou em cima do serviço o Olympic Luan. Tivemos reclamação, mas o páreo foi acertadamente confirmado (não precisava ter demorado tanto). O filho de West By East, de criação do Haras Di Cellius, é preparado pelo Adriano Soares.

* Regal Icarus, com o Lucas Conceição, aproveitou-se da briga entre Dooley Cort e Ice Cube (que largou muito mal), para dominá-los nos 200m finais. A cria da Coudelaria Monte Parnaso foi preparada por Cristian A. Moura.

* Hallmark, com o ótimo Kauã Gonçalves (Ap.3), tomou a ponta no larga, tirou 100m e resistiu aos ataque do Narguille, na reta. Preparo excelente do Rogério Arias.

* Olindina, com a A.Renan, foi superior. A filha de Taludo, é de criação do turfman João Baptista de Medeiros Vargens e pertence ao Telmo Nunes Estrella. Ponto para o Eliezer Santos.

* Chalanas Bar, atropelou forte. Brilhou a dupla L.Felipe/Fernando Silva.

* Red Spirit, fulminou de atropelada aqueles que brigavam pela ponta. Aliás, foi uma briga suicida que envolveu o favorito Tenacious e Ghost Breakers, com o Bóreas, também entrando na mesma nos 400m finais, juntamente com o Deep Dream. Icacoré, formou a dupla. Foi o “hat trick” do A.Renan e a 2º do Rafael F. Silva.

* As apostas via Rio ficaram na mesma, mas caíram 10% por SP.

* Drawing (7) deve repetir. Dupla com o Canabarro Bacudo (4).

* Del Camina (6) é a força absoluta.

* Quatro nomes de proa: Brilliance (2), Pretty Baby (3), True Diamond (6) e Pitonisa Court (7).

* Law Court (4), Tapioca e Fair Banks (8) decidirão.

* Feito A Mão (7) vai à reabilitação. Ice Cube (8) só não ganhou porque largou muito mal. Authorized Court (1) é perigoso. Over Done (9) pode engordar a quadrifeta.

* No Clássico Câmara Municipal, ninguém correrá à frente de Fly Spirit (6). Bella Glória (1) e Noite Linda (5), as rivais mais fortes.

* Spirito Santo (2), Fest Tiger (3) e Don Juan de Marco (6) serão os protagonistas.

* Siga El Corso (8) retorna em turma fraca. Cuidado com Jungle Lover (4), que é muito veloz.

* Lord Of Westbury (1), do Haras Uberlândia, é o favorito, mas vai sobrecarregado. Pit Stop (5), Tarsilio (7) e Hassan (12) podem derrotá-lo.

 

   
     


© 2022 - Jornal do Turfe Ltda.
Copyright Jornal do Turfe. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do Jornal do Turfe.