João Carlos Faro
 
 
 

CAMINHO DO PRADO

* POTRANCA INÉDITA FOGE, ACIDENTA-SE E É SACRIFICADA - A inédita Mary Happy (2 anos), do Stud Capitão, protagonizou situação pouco comum na tarde de quarta-feira (11/4). Depois de se desprender durante treinamento no picadeiro que fica próximo à seta dos 800m finais da pista de grama do Hipódromo da Gávea, saiu em carreira desabalada, abriu o pesado portão de ferro da entrada da Vila Hípica com um forte encontrão e disparou pela rua. Chocou-se com uma moto e com dois carros e só parou na altura da entrada do Túnel Rebouças, por ter sido derrubada, pois o cabo de suas rédeas ficou preso pelas rodas de um automóvel. Mary Happy foi levada de volta ao hipódromo de capelinha, mas foi vão todo o esforço para a recuperação da potranca. Vítima de traumatismo craniano, não conseguia se levantar e teve de ser sacrificada, ainda no fim do mesmo dia. O estado do motoqueiro Damião Carvalho, internado no Hospital Miguel Couto, também era muito grave até sábado (14), à noite.

* DEU PALMEIRAS NO PRÊMIO CAVALINHOS DO FANTÁSTICO - Número 13 na ordem de balizamento, o cavalo LORD GUI, do Stud Vale do Calembe, sorteado como representante do Palmeiras e pilotado pelo líder Leandro Henrique, com preparo de Ronaldo Marins Lima, cruzou a meta 1/2 cabeça à frente de Imperial Castle (Haras Springfield, em defesa da Chapecoense), no Prêmio Cavalinhos do Fantástico, 6º páreo de domingo (15), na Gávea. A promoção, que uniu futebol e turfe, teve Tiro Ao Alvo (Stud O Nacional, representante do Botafogo) em terceiro e, empatados em quarto Drollig (Stud H & R, em defesa do Internacional) e Chico Bento (Stud Ni Wanango, com a jaqueta do Santos). Maré Alta não correu e foi substituído por Pavão Misterioso.

* INTERESSANTE TRABALHO DE PESQUISA - Sempre ligado nos assuntos que envolvem a criação nacional (e o turfe, em geral), José Carlos Fragoso Pires Jr. realizou mais um importante trabalho de pesquisa, apontando as idades dos garanhões atuantes no Brasil. Da lista foram excluídos os que vieram em regime de shuttle, os que já morreram ou foram exportados e incluídos apenas os que cobriram 15 éguas ou mais (em pelo menos uma das cinco últimas temporadas de monta) e até alguns que ainda estão vivos, mas funcionalmente mortos. Chama atenção na lista a presença de garanhões de proa que contam com 20 anos ou mais idade, tais como: Agnes Gold, Forestry, Inexplicable, Mensageiro Alado, Nedawi, Pioneering, Put It Back, Redattore, Siphon, Vettori e Wild Event.

* REPRODUTOR QUE MAIS COBRIU É BRASILEIRO - O garanhão que mais cobriu no Brasil em 2017 foi o nacional Desejado Thunder, que cobriu 121 éguas. Entre os cinco reprodutores mais utilizados na última temporada hípica, dois americanos - Drosselmeyer (100 coberturas, o 2º mais utilizado), e Tiger Heart (84 coberturas, o 4º) - e dois japoneses - Hat Trick (86 coberturas, o 3º colocado) e Agnes Gold (78 coberturas, o 5º mais utilizado).

* VOLTA POR CIMA - O jóquei Walter Pimentel, que trocou o turfe carioca pelo paulista, reapareceu na Gávea - em trânsito - no 1º páreo de sábado e venceu montando o favorito Ziphion, preparado em São Paulo pelo treinador Sebastião Macedo. Pimentel exibiu uma tocada enérgica e eficiente, abrindo vantagem de 4 corpos sobre o segundo colocado, Zuberi, sem dar susto.

* JORGE RICARDO CONTINUA CRESCENDO O RECORDE - Até o momento, são 12.867 vitórias, 23 à frente de Russell Baze, e a 133 pontos das 13 mil vitórias, sua atual meta.

* PEDROSINHA VAI AUMENTANDO SUA TROPA - Treinador de alto nível e curiosamente treinando poucos trabalhos, José Luiz Pedrosa Jr. está recebendo reforços para seu plantel de pensionistas. Foram agora incorporados: Ba Victoria e Major Best (Stud Cezzane) e Camatá (Stud Happy Again).  

* PRORROGADA... - Até o fim do atual ano hípico, o prazo de validade da matrícula de Acedenir Gulart. A prorrogação serve de estímulo e recompensa ao esforço do bom profissional, que conseguiu controlar o peso depois de já ter desistido da profissão.

* A.M.SOUZA ASSUME FAIXA DE CAPITÃO DOS MAIS MULTADOS - Segundo o Boletim (10/4) da Comissão de Corridas do JCB, o total das multas chegou a R$ 2.437,00 (7 casos de excessos de peso). O mais multado foi novamente ANGELO M. SOUZA: R$ 690,00, em razão de 4 excessos de peso.

* SUSPENSOS POR MAIS DE UMA REUNIÃO - Ainda segundo o mesmo Boletim, foram suspensos por mais de 1 reunião: os treinadores S.MACEDO (Tem Lenha) e E.P.GUSSO (Danish Mill), ambos de 18 a 25/4, por não apresentarem seus pensionistas com ferraduras compatíveis com o informado no Programa Oficial; o aprendiz B.QUEIROZ (Juan Manuel Fangio), de 21 a 23/4; e V.BORGES (Amore Mio), nos dias 21 e 22/4, os dois últimos por delitos de raia. Em razão de ter sido sua 1ª infração, o aprendiz G.Martins não foi punido.

* EXAMES ENVIADOS PARA A FRANÇA - Foram enviados os fluidos biológicos de: Gargalo’s Hill’s, Fera Veloz, Invader (3 primeiros do GP José Paulino Nogueira), Cometa Karlo, Voando Sorrindo (2 primeiros do Clássico JCSP), Future Queen, Sea Dream, Irina Palm, Per-Piacere (4 primeiras do GP Zélia Gonzaga Peixoto de Castro), Olympic Hanoi, Or Noir, Orange Box, Olympic Hollywood (4 primeiros do GP Cruzeiro do Sul), Jaspion Silent, Lawcourt, Numba Juan (3 primeiros do GP Escorial), Fanciful e Freeway Star (2 primeiras do Clássico Marcos Ribas de Faria).

* APOIO: ODMED.

 

 

 
 

© 2018 - Jornal do Turfe Ltda.
Copyright Jornal do Turfe. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do Jornal do Turfe.