João Carlos Faro
 
 
 

CAMINHO DO PRADO

* ACIDENTE DE MOTO CEIFA A VIDA DE J.RIBEIRO - O jóquei Josni Hempel Ribeiro - J.Ribeiro nos programas da Gávea -, 33 anos, faleceu após bater com sua motocicleta na BR 116, no Rio de Janeiro. O fatídico evento ocorreu na quinta-feira (15/6), após deixar o Centro de Treinamento Verde e Preto, com a cadela Bolinha. Ambos morreram no ato da batida contra uma placa, antes mesmo do atendimento médico. Josni começou nas retas e seguiu para o Cristal, onde teve passagem vitoriosa. Desde 2002 no turfe carioca, cativou os turfistas com direções geniais. Participou do GP Brasil de 2017 dirigindo o cavalo Discreto Belo. É o segundo caso de acidente fatal com motocicleta (em menos de um ano e meio) envolvendo jóquei atuante na Gávea. O outro ocorreu com Dalto Duarte, um campeão de estatística no Rio. 


Deomar Chaves (um dos funcionários homenageados) com sua família

* ETERNAMENTE RIO, SEMPRE UM SUCESSO - O Stud Eternamente Rio nasceu para brilhar. A coudelaria de Luis Felipe Brandão dos Santos sempre foi muito ganhadora. Campeão de estatística, criador de Didimo (campeão do GP Brasil de 2012), inscreveu seu nome no Festival do GP Brasil de 2017 com tintas indeléveis, levando 3 das 5 provas de G.1 da semana máxima do turfe nacional: o GP ROBERTO E NELSON GRIMALDI SEABRA (com a égua Ekans, criada pelo Stud Rio Dois Irmãos), o GP JOCKEY CLUB BRASILEIRO (com o potro Jadir, criado pelo próprio Eternamente Rio) e o GP BRASIL (com Voador Magee, criação do Haras Old Friends Ltda). Todos apresentados em estado magnífico pelo treinador Luiz Esteves. Há quem goste de perguntar qual a receita de tamanho sucesso. E, nesse caso, a fórmula é simples: muito bom gosto e competência para escolher coberturas, prestigiar o trabalho do treinador, do jóquei e da veterinária e contar com equipe qualificada. Simples, não? 

* MAIS DE R$ 6 MILHÕES EM APOSTAS - Considerando-se apenas as apostas nas corridas realizadas no Hipódromo da Gávea - de quinta-feira, 8, a segunda-feira, 12 - o movimento da semana totalizou R$ 6.127.703,17, bem superior ao do último ano, quando não chegou a R$ 5 milhões (mesmo levando-se em conta que em 2016 não houve programa na quinta-feira). Um resultado animador, principalmente levando-se em conta o (mau) momento econômico do país. 

* PREFEITO DO RIO ENTREGOU TROFÉU - O prefeito do Rio, Marcelo Crivella, participou da entrega de troféus do GP Brasil. O vice-governador do Rio de Janeiro, Francisco Dornelles, foi outra autoridade presente à entrega dos prêmios. 

* A FORTE PRESENÇA DE GALILEO - Reprodutor de altíssima qualidade, o irlandês GALILEO (Sadler’s Wells e Urban Sea, por Miswaki) marcou presença também no Festival do GP Brasil, com 2 de seus filhos. Um deles, o irlandês Soldier Of Fortune, tinha 3 produtos alistados no campo do GP Jockey Club Brasileiro, prova que determina o líder dos 2 anos, no turfe carioca, e todos terminaram na quadrifeta: o ganhador Jadir, o segundo colocado, Sai da Frente, e o 4º, Or Noir. O outro filho de Galileo que serviu no Brasil foi o (também) irlandês Roderic O’Connor, pai de 4 participantes do GP Brasil: Voador Magee (campeão), Emperor Roderic (3º), Olympic Google (14º - após briga suicida com Huber) e Pau-Rei de Birigui, que fechou raia após correr em 6º. 

* VICTORIA MOTA CHEGA ÀS 100 VITÓRIAS - A joqueta (aprendiz de 2ª categoria) chegou às 100 vitórias na Gávea. A responsável pelo êxito foi a potranca Encanto da Luz, de criação e propriedade do Stud Embalagem, aos cuidados do treinador Daniel Lopes, no 6º páreo de domingo (18/6).  

* TREINADOR D.PERES SEGUE NO RIO - Daniel Peres, já campeão da estatística de treinadores do Cristal, estreou na Gávea no GP Brasil e pretende fincar raízes no turfe carioca. Para tanto, vai começar com uma (boa) tropa de 16 corredores. E a eles ainda se somarão defensores do Stud Nova República.

* MAIS UM DO SUL NA GÁVEA - Outro profissional que veio do Rio Grande do Sul tentar a sorte no Rio é o treinador Maurício Chaves (M.Chaves), que começa na Gávea cuidando de 10 corredores, metade deles do Stud Embalagem.

* EXAMES QUE SERÃO REALIZADOS NA FRANÇA - Enquanto o JCB aguarda o credenciamento internacional (da IFHA) do Laboratório Brasileiro de Controle de Doping do Instituto de Química da UFRJ, foram enviados para a França os fluidos biológicos dos seguintes corredores: PERBENE, THUNDER CAT, CONSUL AMERICAN (GP Major Suckow), ELECTORA, CALLE DI ROSE, ESPADA (Clássico OSAF), EKANS, EASIEST WAY, ENERGIA HUPP (GP Roberto e Nelson Grimaldi Seabra), EM CIMA DO LAÇO, CONCILIUM, FORBES (GP ABCPCC), JADIR, SAI DA FRENTE, FARROUPILHA BOY (GP JCB), KRIS FIVE, KAXINGUELE, INVADER, PUREBRED (GP Presidente da República), VOADOR MAGEE, DAFFY GIRL, EMPEROR RODERIC, DEPARTURE TIME, KILIMANJARO, ENÓLOGO, PAU-REI DE BIRIGUI (GP Brasil), ENERGIA GUEST, NEW IN TOWN, JOKA TANGO, CABALLO DE HIERRO (GP IFHA), LIFE STYLE e MORENO (Clássico Delegações Turfísticas). Todos entre os primeiros (e respectivos faixas), à exceção de PAU-REI DE BIRIGUI, último no GP Brasil. 

* MULTAS VÃO A QUASE R$ 6 MIL - O total das multas aplicadas pela Comissão de Corridas do JCB (boletim de 13 de junho) atingiu R$ 5.955,00, com 26 casos de excessos de pesos. O profissional mais multado foi o jóquei I.Correa, com um total de R$ 1.780,00 e 11 casos de excessos de pesos.

* MUITOS SUSPENSOS - Diversos profissionais foram suspensos de acordo com o boletim do dia 13 de junho. As punições mais extensas foram as do treinador D.PERES (RS), 20 a 27/6, por utilizar ferragem inadequada em Janice; e dos jóqueis B.PINHEIRO (Olympic Google), 45 dias - 20/6 a 3/8 - e V.BORGES (Huber), 30 dias - 20/6 a 19/7 -, ambos por prejuízos que colocaram em risco a integridade física dos demais; A.M.SOUZA (CONCILIUM) e M.GONÇALVES (Joka Tango), 20 a 27/6, por prejuízo com alteração no resultado do páreo; e F.QUEIROZ (Jet Air), 20 a 27/6, por uso excessivo do chicote. 

* AGÊNCIA PÉ QUENTE - Um turfista que apostou no agente credenciado Galope, no Engenho de Dentro, Zona Norte do Rio, faturou sozinho o Pick 7 de segunda-feira (12/6). E levou R$ 42.522,24 com uma aposta de R$ 432,00. 

* V.GIL E J.C.SAMPAIO, OS CAMPEÕES - As estatísticas do turfe carioca só estarão encerradas no final deste mês. No entanto, já estão definidos os campeões: Valdinei Gil (entre os jóqueis) e Julio C. Sampaio (em razão da suspensão de D.Guignoni - como o próprio Sampaio admitiu - entre os treinadores). 

* SIXTIES SONG NA INGLATERRA - Campeão do GP Latino 2017 e do GP Carlos Pellegrini 2016, o argentino SIXTIES SONG confirmou presença - por ter vencido o GP Latino - no King George VI & Queen Elizabeth Stakes, prova máxima do turfe inglês. Seu treinador, Alfredo Gaitán Dassié, já está na Inglaterra à espera do filho de Sixties Icon. Por sinal, seu pai é mais um descendente do fenômeno Galileo, que já venceu a importante prova inglesa.

* TURFE ARGENTINO EM SINAL DE ALERTA - Miguel Crotto, presidente do Jockey Club Argentino - Hipódromo de San Isidro, em extensa entrevista no dia da entrega dos prêmios do Carlos Pellegrini, falou sobre diversos assuntos e declarou-se pessimista com o futuro do turfe por lá, caso não haja apoio financeiro mais consistente do governo e lembrou que a atividade gera 100 mil empregos na Argentina e que muitas destas pessoas - pela especificidade do serviço - dificilmente teriam condições de voltar ao mercado de trabalho. Pelo visto, a situação do turfe por lá não é diferente da que ocorre por aqui. 

* HOMENAGENS... - Feitas aos funcionários do JCB foram muito bem recebidas. Parabéns pela iniciativa! 

* APOIO: ODMED.

 

 
 

© 2017 - Jornal do Turfe Ltda.
Copyright Jornal do Turfe. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do Jornal do Turfe.