CAMINHO DO PRADO
João Carlos Faro

* RECORDISTA MUNDIAL NOVAMENTE NA GÁVEA - Jorge Ricardo, ganhou com Fillmore (Black Opal Stud) o GP Escorial, prova que serviu de seletiva para o GP Latino-Americano, deverá estar de volta ao Hipódromo da Gávea neste domingo (17) para montar TAKSIM (M.C.3a. - Discreet Cat e Taverne, por Torrential), de criação e propriedade de Carlos dos Santos. TAKSIM, com 2 vitórias (a principal na Prova Especial African Boy) em 6 tentativas, é um dos nove inscritos no GP Estado do Rio de Janeiro, carreira que abre a Tríplice Coroa de produtos do turfe carioca.
 
* TREINADOR R. SOLANES É LIBERADO PARA O GP LATINO - Embora a suspensão só termine no próximo dia 29, a Comissão de Corridas do JCB autorizou a participação de ROBERTO SOLANES - como treinador de Fillmore (Black Opal Stud) - na importante prova, marcado para o dia 10 de março, no Club Hípico de Santiago, no Chile. A alegação da excepcionalidade da liberação foi apresentada “por ele ter bons antecedentes e por se tratar de evento internacional”.

* OLYMPIC IMOLA DEIXA AS PISTAS - Embora o added (que confirma a inscrição) já tivesse sido pago, o titular do Haras Regina decidiu retirar OLYMPIC IMOLA do GP Henrique Possolo do próximo domingo, 17, na Gávea. O motivo foi a fissura num dos sesamóideos e a filha de Drosselmeyer e Furia Olimpica, por Astor Place, será levada imediatamente para a reprodução. Com a deserção, o Haras Regina será representado apenas por Olympic India na prova que abre a Tríplice Coroa carioca das potrancas de 2019.

* HARAS ANDERSON, BERÇO DE VELOCISTAS - Um dos grandes destaques do turfe brasileiro, embora concorra com produtos de alta categoria em todas as distâncias, vem se destacando, sobremodo, na faixa de velocistas. O nome de maior destaque na história do grande centro criatório, entre muitos outros, foi Lost Love, que brilhou tão intensamente nas pistas que passou a dar seu nome ao Centro de Treinamento da família Stabile. No momento, a expectativa é grande para a sequência da campanha da potranca HAPPY BRYAN (Wired Bryan e Sexy Italian, no inesquecível Dodge). A defensora do Stud Pedudu (também da família Stabile) deu um show na Prova Especial No Regrets, carreira principal do último dia 2, na Gávea, mantendo-se invicta (sempre com grande autoridade) através da segunda corrida e registrando marca bem superior à dos potros na Prova Especial Bal A Bali (no dia seguinte) e também vencida autoritariamente por Papito. HAPPY BRYAN gastou 56”05 no quilômetro gramado (com cerca móvel de 9m), enquanto o corredor do Stud Alvarenga (que estreava) registrou 57”41 nas mesmas condições, portanto, com marca 1”36/100 inferior à da potranca.

* CC SUSPENDE VETERINÁRIA POR 360 DIAS - A Comissão de Corridas do JCB, após sindicância apara apurar responsabilidades a respeito do exame feito no potro MEM CADE CE no Laboratório do Cavalo de Esporte, da Sociedade Hípica Brasileira, constatou atitude ilícita da veterinária Daniela Bartoli (por confissão de adulteração do citado exame) e suspendeu-a por 360 dias, proibindo sua entrada em todas as dependências do Hipódromo da Gávea e em todos os centros de treinamento filiados ao JCB enquanto vigorar a punição. Em decorrência de novos fatos apurados, a Comissão de Corridas determinou ao Setor de Veterinária do JCB que tome providências para apurar tais fatos e não está fora de pauta a abertura de nova sindicância. Prestaram depoimentos, além de Daniela Bartoli, a Drª. Marilena Anna Damiani (Sociedade Hípica Brasileira) e os treinadores Luiz Esteves e Edson Ricardo. Os sindicantes foram Marcelo Beloch, Luiz Felipe Figueira e Rubens Penelas, auxiliados pela gerente do Departamento de Veterinária, Drª. Juliana Braga Vieira Inglez.

* MATRÍCULAS PROVISÓRIAS - Duas novas concedidas pela Comissão de Corridas do JCB, ambas com validade inicial de 90 dias: uma para MARCELO BRUNO DE SOUZA (que volta ao turfe carioca) e outra para MANOEL AURÉLIO CARLOS DE SAMPAIO FILHO.

* MANCUSO, O 1º AGENTE DO APRENDIZ D.STAITI - Leandro Henrique Mancuso da Cruz agenciará DANIEL STAITI DA COSTA. A parceria já foi devidamente oficializada pela Secretaria de Corridas do JCB.

* MATRÍCULAS CANCELADAS... - De forma definitiva, pela Comissão de Corridas do JCB, as matrículas de redeador e de cavalariço de SIDCLEY SOARES DOS SANTOS, que também está com entrada proibida em todas as dependências do Jockey Club Brasileiro.

* NEGOCIAÇÕES NOS CLAIMINGS - No 5º páreo de sábado (2/2), o HARAS ESCAFURA levou French Coup e ALDO ROBERTO BARROS arrematou Love Singer. No 7º páreo do mesmo dia, o HARAS ESCAFURA adquiriu Leading Hope e no 9º páreo de domingo (3/2), o STUD BIG FEELING ficou com Famous Italian.

* SUSPENSÕES CONFLITANTES - Numa semana de poucas punições, apenas dois profissionais foram suspensos por mais de uma reunião, segundo o Boletim da Comissão de Corridas do JCB de 5/2/2019: C.G.NETTO e W.XAVIER. Os prazos das punições é que chamam atenção e parecem absolutamente desproporcionais. Enquanto o treinador foi suspenso de 13 a 27/2 por atrasar a apresentação de Iris Taris no Serviço de Veterinária, o aprendiz pegou gancho de 13 a 20/2, por delitos de raia que culminaram com alteração no resultado do páreo, montando Savranna. Pela mostra, fica claro que o atraso tem peso bem maior para a punição do que alguns delitos de raia. São conceitos totalmente conflitantes e que deveriam ser revistos, a bem de estabelecer uma ordem mais justa entre as penalidades.

* NO TARUMÃ, 3 FOI O NÚMERO DA SORTE - O número 3 foi para o topo do placar em seis dos oito páreos da corrida do último dia 7, no Hipódromo do Tarumã (os quatro primeiros e os dois últimos). E um deles pagou placê.

* M.MESQUITA, O MAIS MULTADO - Com total de multas de R$ 1.822,00 e 8 casos de excessos de pesos (segundo o Boletim da CC de 5/2), o mais multado foi o M.MESQUITA, um dos maiores ganhadores do último conjunto de reuniões (5 vitórias), ao lado de V.Borges. Por um somatório de 5 multas, o aprendiz foi multado em R$ 430,00, sendo R$ 120,00 por reincidência em omissão de registro de ocorrência (montando Fullart), R$ 50,00 por subir para o cânter destribado (La Tour), R$ 100,00 por reincidência do mesmo motivo (Lookforthestars), R$ 60,00 por ultrapassar o horário da pesagem (Made In China) e R$ 100,00 por uso imoderado do chicote (16 chicotadas em Furia Indomita, na reta de chegada).

* MAIS UMA SUSPENSÃO CANCELADA POR FALTA DE SINTONIA - Na última semana, uma ocorrência que se repete cotidianamente desde que a atual Comissão de Corridas assumiu o poder: por falta de sintonia entre a CC e o Serviço de Veterinária do JCB, JUBILÉIA teve a suspensão cancelada (em razão do parecer do Serviço de Veterinária) e tornou-se apta a correr.

* APOIO: ODMED.

 

 
 

© 2018 - Jornal do Turfe Ltda.
Copyright Jornal do Turfe. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do Jornal do Turfe.