TURFE INTERNACIONAL

FAIR GROUNDS

No sábado, 22 de janeiro, foi corrido o LECOMTE STAKES (G.3 - US$ 200.000), em 1.700m, areia, para Produtos de 3 anos. Quem levou a melhor foi CALL ME MIDNIGHT (Midnight Lute), que pilotado por James Graham, livrou cabeça sobre Epicenter (Not This Time), que deixou na terceira posição a ¾ de corpo Pappacap (Gun Runner). Tempo: 1’44”36. Esta foi a 2ª vitória de Call Me Midnight em 7 saídas, somando em prêmios US$ 221.806.
No LOUISIANA STAKES (G.3 - US$ 150.000), em 1.700m, areia, para Produtos de 4 e mais anos, êxito de MANDALOUN (4.Into Mischief), que dirigido por Florent Geroux, sobrepujou por ¾ de corpo a Midnight Bourbon (4.Tiznow), finalizando em terceiro lugar a 8 ¼ corpos Warrant (4.Constitution). Tempo: 1’42”52. Mandaloun correu 9 vezes para levar 6, totalizando US$ 1.741.252 em somas ganhas.

HONG KONG

No domingo, 23, o Hipódromo de Sha Tin sediou a CENTENARY SPRINT CUP (G.1), em 1.200m, grama, para Produtos de 3 anos e mais idade. Prevaleceu STRONGER (5.Not A Single Doubt), com Vincent C. Y. Ho no selim, cabeça à frente de Sky Field (5.Deep Field), completando a trifeta a ½ corpo Hot King Prawn (7.Denman). Tempo: 1’08”78.
Na STEWARD’S CUP (G.1), em 1.600m, grama, para Produtos de 3 e mais anos, triunfo de WAIKUKU (7.Harbour Watch), que sob a direção de Zac Purton, deixou na dupla a ¾ de corpo Golden Sixty (6.Medaglia d’Oro), chegando em 3º a ¾ de corpo Russian Emperor (5.Galileo). Tempo: 1’34”82.

 

 

 

 

 

 

   
     


© 2022 - Jornal do Turfe Ltda.
Copyright Jornal do Turfe. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do Jornal do Turfe.