HIPÓDROMO DO CRISTAL
Marcos Rizzon


SASSY ZIP (OLIVER ZIP) É A NOVA LÍDER
GLORY WAR, LÍDER INCONTESTE
CORRIDAS LIBERADAS PARA O PÚBLICO

* Vou começar dizendo que estou cansado de ver favoritos serem colocados indevidamente na baliza 1, fazendo com que o mesmo acabe perdendo para tristeza do apostador.

* E os jóqueis são os mesmos. A Hispaniola Time, ganhou porque sobrava muito. É hora da Comissão de Corridas começar a punir, inclusive algumas diversidades de performances inadmissíveis.

* Tudo começou com o Olympic Linkedin, de ponta a ponta, sendo dominado pelo Kennon, mas voltando no rigor do J.E.Rosa. Foi o terceiro filho de Goldikovic - a mais nova revolução - a vencer. Criação do Haras Regina, propriedade do Dr. Alberto J. Tiellet Miorim e treinamento do Elziar Santos.

* A seguir tivemos uma penca e no final os dois que correram na expectativa chegaram, quais sejam: Don Rucca, com o Antony Renan perfeito no crioulo do Haras Santa Rita da Serra; e Patrick Valette, que formou a dupla de filhos de Tiger Heart. Luiz Eduardo Ferraz perfeito no preparo.

* No Clássico Presidente Domingos da Costa Lino, Sassy Zip, com o Bruno Santos “up”, dominou com facilidade a favorita e líder Dulce Celina, vingando a dobradinha de filhas do Oliver Zip. A crioula do Haras Celcape (Celso Peluso) pertence ao Dr. Ramiro Curi de Lemos e foi apresentada pelo Fernando Silva.

* No Clássico Presidente Leonel Faro, mais um vareio do super líder Glory War. Brilharam: Lucas Conceição, Holding Glory (em sua 1ª geração), Haras Cerro Formoso, Ricardo Corrêa e Herminio P. Machado. Silver Brain, corrido com mais calma, formou a dupla com sobras.

* Cozadeloco, com o C.Farias, deu um vareio. De criação do Stud Itaara, marcou a 1ª vitória (de muitas) do proprietário Guilherme Alves Miorim, filho do Dr. Alberto. Treinamento do Luciano Arias.

* O favorito Campeão Corunilha não apareceu. King Messi lembrou o jogador, dominou e sobrou. Prevaleceu Woodhead, com L.Conceição, de atropelada. O filho de Kodiak Kowboy é de criação do Haras LLC. Preparo nota 10 do Anderson S. Garcia, em grande temporada.

* Hispaniola Time, com o J.A.Rodrigues, sobrava tanto, mas tanto, que ganhou na baliza 1, para a alegria do Leonardo Ruas de Oliveira e apresentação de Herminio P. Machado.

* O Eletto D’Anafer parecia o Fort Red (nos bons tempos). A melhora em uma semana foi fantástica. J.E.Rosa/E.Santos a dupla responsável. Parabéns L.Gouvea por ter ficado na baliza 1 com o Deep Dream. Tinha luz, entra na reta e tira para fora... ganharia por 5 corpos, mas...

* As apostas seguem no mesmo patamar. Aliás, o MGA do JCB desabou, portanto seguem na carona os JCPR e do JCRGS.

* Nesta quinta-feira, 14, o público voltará a estar presente nas corridas, respeitando sempre os protocolos já conhecidos (máscara, distanciamento social, álcool gel).  

* Para abrir o Super Tri Inicial é bom levar Ucanbet (4) e Olympic Petrus (5). A dupla é firme.

* Jaguatirica (2) pode largar e acabar. É a mais veloz. Cuidado com My Lady Marie (5).

* O terceiro páreo é o mais equilibrado da reunião. Quem puder levar todos no Pick 7, que o faça. Gostamos para placê da Tappan Zip (6).

* No Clássico Presidente Vicente Marques Santiago, o “train” deve sair violento, por isso gostamos da Day Lady (5), deixando como inimiga a Never On Sunday (3).

* No Clássico Presidente Camilo Carvalho Coelho, Question Time (1), It Came From (2), Adriansassy (3) e Great Canal (7) decidirão.

* Jandaia (4) com 2º lugar na Gávea é a força. Cuidado com Gota Boa (8) que vem de boa atuação. 

* New American Dream (6) e Hoax (8).
            
* Mário Sérgio (2) estreia como força inconteste, pois corria em turma fortíssima em São Paulo. Quasar Negra (3) e Bolt Shot (9) os maiores adversários.

* Quem esteve visitando e conhecendo o JCRGS no último sábado foram os Drs. Reinaldo Campos e Thiago Haidar. “Rizzon, só não conhecia o Cristal, vocês estão de parabéns. É muito lindo!”, disse Reinaldo. “Rizzon, muito obrigado por conseguir a nossa visita junto ao Presidente Vecchio, o Jockey está uma pintura”, afirmou Haidar.

* O turfe gaúcho em especial o cachoeirense perdeu para Covid-19, Luiz Fernando Guidugli, o conhecido e entusiasta “Sabão”, que deixou viúva Sandra e os filhos Luan, Melissa e Mirela. A todos os nossos maiores sentimentos. Num passado recente eu dei uma égua de presente a ele.

* Nosso amigo Alessandro Alves (Pila) sofreu um bate duplo na semana passada. Perdeu sua mãe Creuza Rocha Alves na terça-feira, 6; e na quinta-feira, 8, seu irmão Alexandre Alves (43 anos) - que foi treinador do Stud Palura em Campos -, ambos pela Covid-19. Alexandre deixa esposa Marcia e três filhos: Vinicius, Gustavo e Angelina. Força amigo!

* Faleceu no dia 7 de abril, o Conselheiro do JCRGS - Nelson Escobar Carneiro da Fontoura, 76 anos, que já estava hospitalizado há algum tempo. Teve cavalos nos anos 70 no Cristal e na Gávea. Seu jóquei foi o grande Edson Ferreira, hoje treinador no JCB, seu afilhado de casamento. Aos seus familiares o nosso abraço.

 

   
     


© 2020 - Jornal do Turfe Ltda.
Copyright Jornal do Turfe. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do Jornal do Turfe.