GP LATINO-AMERICANO 2019
Marcos Rizzon

* Foi uma grande festa. Talvez a melhor de todos os Latinos em que participei.

* O Chile cresce com seu turfe a passos largos. Não possui o número de matrizes da Argentina e, está no momento, quase empatando seu rebanho com o brasileiro. Todavia sua organização e investimentos garantem o seu futuro.

* Carlos Heller, leia-se Haras Don Alberto, é também o presidente do Club Hípico de Santiago.

* Na sexta-feira, 8, recebeu as delegações visitantes bem como a imprensa nos salões de seu lindo hipódromo.

* Desde a minha chegada resolvi interagir com 7 grupos de whatsapps. Neles, atingindo 1.000 turfistas, procurei mostrar detalhes da festa chilena com vídeos e entrevistas. Foram muito bem recebidos.

* No sábado pela manhã, a ALCHI, representada por Diego Mitagstein, Nestor Obregon Rossi, Fernando Ojeda e este jornalista foi recebida pela OSAF para uma reunião. Representando a entidade participaram Silvina Koremblit, Pablo Piffaretti e Oscar Bertoletti (Gerente de OSAF). Pleiteamos mudanças no regulamento dos convidados aos GPs, bem como um maior apoio aos cronistas/jornalistas que realmente trabalham em prol do turfe sul-americano.

* À noite, no Hotel Santiago by Mandarín, uma linda “cena”, com a presença de dirigentes de várias partes da América. Entre eles Carlos Heller, Louis Romanet (o Presidente da IFHA também esteve presente no jantar de sexta), Carlo Rossi Soffia (Presidente da OSAF), Dr. Quintella e Gilberto Gama, Marcelo Beloch, Fred e Joseph Levy da PMU, Marcelo Motta e Benjamin Steinbruch.

* Sylvio Rondinelli fez ampla cobertura para o site do JCB.

* Ficamos hospedados no Hotel GEM, na Avenida Portugal, 415.

* No domingo, 10, todos os jornalistas/cronistas receberam 10 mil pesos para lanches, além de ser disponibilizada uma carpa somente para a imprensa com wifi e tudo mais.

* A delegação paranaense foi a maior, seguida da paulista e gaúcha.

* Presenças de Mário Ferrasso, Rosana Jardim, Mara Garcia, Neiva e Fernando Carvalho.

* No Latino tivemos um show de Ya Primo, que agora deverá desbravar as pistas norte-americanas.

* Seu treinador Guillermo Aguirre - fez ponta e dupla - disse que três vezes por semana trabalha o filho de Mastercraftsman no sentido horário e quatro no anti-horário.

* Mastercraftsman em 2019, servirá no Haras Firmamento, na Argentina. No Latino, deu a dupla de seus filhos.

 

 

 
 

© 2018 - Jornal do Turfe Ltda.
Copyright Jornal do Turfe. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do Jornal do Turfe.