CARTA AO LEITOR

 

COURTIER & CIMA

Não me lembro nas últimas três décadas de um reprodutor que iniciasse na reprodução brasileira que, nos primeiros seis meses, demonstrasse um potencial como Courtier. Ele o faz nesta temporada, com sua geração estreante às pistas. 
No último sábado culminou com seus filhos Fast Jet Court e o invicto Dashing Court, vencendo em um mesmo dia as duas provas de Grupo 1 de Cidade Jardim.
O Condomínio Courtier está de parabéns, bem como o Gelso Cima, que, com certeza, está apresentando a sua melhor fornada de todos os tempos. Mas o Cima, além de ter participado da seleção do cavalo, foi o que mais deu éguas para ele.
Após o GP Turfe Gaúcho e a vitória esmagadora do Dashing Court, ele me disse: “Rizzon, tu vais ouvir falarem muito do Courtier. E, o Dashing, eu tenho certeza de que vai ser um ótimo milheiro”.
Tudo em Cima para o Courtier e para o Haras Cima.
Para concluir é muito importante a renovação de “padrillos” no turfe brasileiro, saindo daquela mesmice de sempre.
Em 2019, surgiu com força Wired Byan. Nesta, além do filho de Pioneerof The Nile - Campeão da Geração Clássica de 2 anos no país - temos as revelações também de Oliver Zip (com apenas 20 produtos em sua 1ª geração) e de Alcorano. Em 2021, teremos os filhos de Wenzel Blade... E vem mais por aí!

 MARCOS RIZZON

 

 

 
 
 

© 2020 - Jornal do Turfe Ltda.
Copyright Jornal do Turfe. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do Jornal do Turfe.