HIPÓDROMO DE CIDADE JARDIM – SÃO PAULO

POWER-QUARK É DO SAN FRANCESCO
Marcos Ribeiro e Thiago Haidar, uma dupla perfeita

         No sábado, 13 de outubro, foi corrido no Jockey Club de São Paulo o CLÁSSICO EMERSON (L), R$ 9 mil, em 2.400m, grama (4m) pesada, reunindo cinco Produtos de 3 e mais anos. Vitória autoritária de POWER-QUARK (M.C.3a.SP - Quick Road e Paris-It por Astor Place), de criação e propriedade do vitorioso HARAS SAN FRANCESCO, que dirigido por Marcos Ribeiro, derrotou por 3 ¾ corpos a Cowboy Purse (7.Public Purse) - que depois de batido voltou para retomar a dupla -; concluindo no terceiro posto a ½ corpo Granadino (4.Yagli); ¼ de corpo à frente do quarto colocado Concilium (9.Sulamani); completando o placar a 6 ¾ corpos Frappatore (4.Mr.Nedawi). O vitorioso tem no preparo o competente Thiago Haidar e percorreu a milha e meia em 2’32”990. Esta foi a 2ª vitória (1ª clássica) de Power-Quark, além de 2 colocações (1 clássica) em 5 apresentações (5 CJ).


Power-Quark, com M.Ribeiro, é potro de futuro

 

CONSUL AMERICAN, QUE CAVALO!
Carlos Soledade mantém o filho de First American em forma

          No sábado, 13, o Hipódromo de Cidade Jardim sediou o GP PRESIDENTE MARCIO CORREA DE TOLEDO (G.3), R$ 18 mil, em 1.000m, grama (4m) pesada, reunindo seis Produtos de 3 e mais anos. Venceu o veterano CONSUL AMERICAN (M.A.7a.RS - First American e Inselberg por Yagli), de criação do Stud Pousada Alegre e propriedade do Stud El Gibbor, que sob a monta de Fernando Larroque, livrou 2 ¾ corpos sobre Fred Varanda (6.First American); terminando na terceira posição a ½ corpo Up Money (5.Skypilot); 2 corpos à frente do quarto colocado Ficante (5.Holy Roman Emperor); fechando o marcador a focinho Zitrone Soda (4.Blade Prospector) - que foi a veloz do páreo, mas cansou nos 300m finais -. A seguir: Loiro Men. O vencedor é treinado pelo experiente Carlos Soledade e anotou 55”626 para o quilômetro. Esta foi a 17ª vitória (12ª clássica - 6 Provas Especiais, 4 L e 2 G.3) de Consul American, que possui ainda 23 colocações (16 clássicas) em 43 saídas (34 CJ, 9 GV).


Consul American, com F.Larroque, é como vinho

 

GRAND CRU, EM LINDA ATROPELADA
O crioulo do Santa Rita da Serra é do Black Opal Stud

          No sábado, 13, foi realizado no Hipódromo Paulistano o GP ALBERTO SANTOS DUMONT (G.3), R$ 18 mil, em 1.600m, grama (4m) pesada, reunindo seis Produtos de 3 e mais anos. Primeiro para GRAND CRU (M.C.3a.PR - First American e Just Lucky por Spend A Buck), de criação do HARAS SANTA RITA DA SERRA e propriedade da vencedora farda do BLACK OPAL STUD, que pilotado por Marcos Ribeiro, atropelou forte para dominar pelo pior terreno nos 30m finais e, ainda, a tempo de superar por ¼ de corpo a Zorro (4.Vettori); sobrando para o terceiro lugar a ¼ de corpo a Havaí (3.Siphon) - que perdeu tudo no final -; 2 ¼ corpos à frente do quarto colocado Nevisk (4.Jeune-Turc); completando o placar a ½ corpo Medium Will (3.Cape Town). Depois: Heroship. O ganhador é preparado por Emerson Garcia (Campinas) e registrou 1’37”779 para a milha. Esta foi a 4ª vitória (1ª clássica) de Grand Cru, além de 3 colocações clássicas em 10 aparições (5 CJ, 5 GV).


Grand Cru, com M.Ribeiro, vai para mais

 

 

 
 

© 2018 - Jornal do Turfe Ltda.
Copyright Jornal do Turfe. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do Jornal do Turfe.