HIPÓDROMO DE CIDADE JARDIM – SÃO PAULO

LA DOROTHEA, “A LA LAVOR”
Piloto buscou passagem decisiva para a crioula do Phillipson

         No sábado, 9 de novembro, foi corrida no Hipódromo Paulistano a PROVA ESPECIAL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA, R$ 6 mil + R$ 1,5 mil (Bônus), em 1.000m, grama macia, reunindo seis Éguas de 3 e mais anos. Vitória de LA DOROTHEA (F.A.5a.SP - Rock Of Gibraltar e Odô Iá por Punk), de criação e propriedade do líder HARAS PHILLIPSON, que pilotada maravilhosamente por Carlos Lavor - ficou encaixotada 900m -, sobrepujou nos 50m finais por ¾ de corpo a Java’s Song (5.Put It Back) - que correu demais -; concluindo em terceiro lugar a 1 ¾ corpo Primavera (3.Jeune-Turc); 1 ½ corpo à frente da quarta colocada Cat Kowboy (4.Kodiak Kowboy); completando o placar a ¼ de corpo Nina Clara (5.Redattore). A seguir: Safra de Birigui.
A vencedora é preparada por Afonso Flório Barbosa (Campinas) e assinalou 56”492 para o quilômetro. Esta foi a 6ª vitória (3ª clássica - 2 Provas Especiais e L) de La Dorothea, além de 10 colocações (6 clássicas) em 16 atuações (16 CJ).


La Dorothea, com C.Lavor, rateou R$ 1,50

 

GÁS IDEAL, LARGOU E ACABOU
Nelson A. Santos e Wanildo G. Tosta, os responsáveis

         No sábado, 9 de novembro, o Jockey Club de São Paulo foi palco do GP MINISTRA DA AGRICULTURA (G.2) - GRUPO ABRIL, R$ 24 mil, em 2.400m, grama macia, reunindo seis Produtos de 3 e mais anos. Primeiro para GÁS IDEAL (M.C.4a.RS - Wild Event e Jewelry por Gilded Time), de criação do Haras Santa Maria de Araras e propriedade do Haras Valentin, que dirigido decididamente - tomou a ponta na partida e assim veio - por Nelson Alexandre Santos, defendendo-se por 1 corpo dos ataques de O Sole Mio (4.Jeune-Turc); que deixou na terceira colocação a 2 ¼ corpos Rasgado de Birigui (5.Soldier Of Fortune) - que não corria há 9 meses -; 1 ½ corpo à frente do quarto colocado Orario Pubblico (6.Agnes Gold); fechando o marcador a ½ corpo Mañana Poderosa (4.T.H.Approval). Depois: First Fighter (algo houve).
O vitorioso tem no treinamento Wanildo Garcia Tosta (Campinas - na supervisão o Dr. Flamarion Fuhro) e anotou 2’29”985 para a milha e meia. Esta foi a 2ª vitória (1ª clássica) de Gás Ideal, que possui ainda 8 colocações (3 clássicas) em 12 exibições (4 CJ, 7 GV, 1 TR).


Gás Ideal, com N.A.Santos, foi superior

 

ATILA THE KING DEU UM VAREIO
O filho de Forestry foi apresentado por Dilson Antunes

          No sábado, 9 de novembro, foi realizado no Hipódromo de Cidade Jardim o GP GOVERNADOR DO ESTADO (G.2) - GRUPO ABRIL, R$ 24 mil, em 1.600m, grama macia, reunindo oito Produtos de 3 e mais anos. Ganhou com autoridade ATILA THE KING (M.A.3a.PR - Forestry e Nossa Amizade por Pioneering), de criação e propriedade do turfman Marcus José Andrade da Cunha, que sob a tocada de André Luiz Silva, deixou a 3 ¾ corpos na dupla Ouro da Serra (5.Agnes Gold); terminando no terceiro posto a focinho o favorito Mano De Piedra (7.Manduro); ½ corpo à frente do quarto colocado Hassan (4.Forestry); fechando o marcador a ½ corpo Quick Hillie (4.Quick Road). A seguir: Zorro, Never Say Never e Leader Of Dallas.
O ganhador é treinado pelo competente Dilson Antunes (PR) e percorreu a milha em 1’33”908. Esta foi a 2ª vitória (1ª clássica) de Atila The King, além de 3 colocações clássicas em 5 aparições (3 CJ, 2 TR).


Atila The King, com A.L.Silva: sua atuação foi luxuosa

 

 

 
 
 

© 2019 - Jornal do Turfe Ltda.
Copyright Jornal do Turfe. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do Jornal do Turfe.