HIPÓDROMO DA GÁVEA - RIO DE JANEIRO

GOLDEN PACIFIC SE IMPÔS NA PROVA ESPECIAL HELIACO
Dupla com Madame Indy deu toque feminino à noturna

No 4º páreo de terça-feira, 10 de março, na Gávea, PROVA ESPECIAL HELIACO, R$ 12,6 mil, para Produtos de 3 anos e mais idade, tivemos a vitória autoritária da égua GOLDEN PACIFIC (F.A.4a.RS - Agnes Gold e Pacific Girl, por Hard Spun), criada pelo Haras Anderson e da propriedade do Haras Sweet Carol.
Ghost Breakers e American Tiz puxaram o ritmo do páreo. GOLDEN PACIFIC, que largara algo fria (mas logo assumiu a 5ª posição), entrou a reta decisiva em 4º e, sob a tocada vibrante de Leandro Henrique, progrediu lado a lado com Madame Indy e ambas partiram para cima dos ponteiros. A 200m da meta, as duas éguas no campo passaram a decidir a situação. Daí em diante, GOLDEN PACIFIC passou a se distanciar dos rivais, cruzando o disco 4 ½ corpos à frente de Madame Indy (4.Kodiak Kowboy), que formou a dupla. O veloz Ghost Breakers (4.Wild Event) foi 3º, a 1 corpo, com Jaguar Preto (5.Rock Of Gibraltar) em 4º, a 1 ¼ corpo, e American Tiz (4.First American) em 5º, a ¼ de corpo. A seguir: Von Miller. Hang Over e Jardim Olímpico não correram.
GOLDEN PACIFIC (mais uma) apresentação de luxo de ADÉLCIO MENEGOLO, obteve sua 5ª vitória (2ª clássica) em 8 tentativas e assinalou 1’41”42 para os 1.600m (AM).


Golden Pacific, com L.Henrique, é corredora


 

 
 
 

© 2020 - Jornal do Turfe Ltda.
Copyright Jornal do Turfe. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do Jornal do Turfe.