Dá-lhe Leandro!!! Dá-lhe Braço de Mola!!!
Francisco Mendonça

No final de semana quando todos os hipódromos brasileiros davam números finais às Estatísticas da Temporada 2018/2019, em especial o turfe nordestino estava de olho no desenrolar das últimas reuniões do Hipódromo da Gávea, onde dois bons talentos disputavam mano a mano a primeira colocação na categoria de jóqueis.
De um lado o pernambucano Leandro Henrique, conhecido na Gávea como “Braço de Mola”, que  sagrou-se campeão com 198 vitórias contra 191, de seu principal adversário que levava toda a torcida do turfe cearense - o jovem e promissor - Bruno Queiroz. 
Com mais da metade da estatística disputada, era dada como certa a vitória de B.Queiroz, pois chegou a estar 40 pontos à frente de Leandro, que com muita garra e determinação foi diminuindo a vantagem, alcançando e ultrapassando o líder no final do certame que teve dois pernambucanos entre os 10 primeiros colocados.
As atenções nas mudanças dos números tirou o sono e gerou discussões em mídias sociais de turfistas contra e a favor das punições que foram impostas pela Comissão de Corridas do JCB aos dois profissionais.
Com a vitória já garantida na última reunião, Leandro fez mais uma vez o público pernambucano se encher de orgulho e lhe aplaudir de pé como se estivesse nas arquibancadas do Hipódromo da Gávea. A emoção tomou conta de todos quando a bandeira de Pernambuco foi mostrada para todo o Brasil pelo nosso grande ídolo na fotografia da vitória com Aeromani, de propriedade do gaúcho Agamenon Machado de Assis Berni e treinamento de José A. Lopes.
Fruto do PROJETO JÓQUEIS DO FUTURO, do Jockey Club de Pernambuco, Leandro Henrique é bicampeão das estatísticas do JCB. O 10º colocado foi o aprendiz também iniciado no mesmo projeto W.Xavier, quem vem dando seguras montarias aos seus pilotados prometendo uma briga acirrada no turfe que tem os melhores jóqueis do Brasil.
A Temporada 2019/2020 que já tem como líder o nosso “Braço de Mola”, promete muitas emoções e vai enaltecer ainda mais o turfe carioca.
Entre lágrimas e emoções os pernambucanos entoaram um coro: Dá-lhe Leandro!!! Dá-lhe Braço de Mola!!!

 
 
 

© 2018 - Jornal do Turfe Ltda.
Copyright Jornal do Turfe. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do Jornal do Turfe.