TURFE BRASILEIRO

HIPÓDROMO DE AQUIRAZ - CEARÁ (CE)
 
CHEGOU À VEZ DO VII GP MAGI AVERALDO

Fábio Câmara

Doze provas numa programação de luxo. O Jockey Club Cearense cresce a cada dia. As apostas poderão ser efetuadas pela internet através do www.apostaturfe.com.br, além de uma noite de remates, a ser realizada nesta quinta-feira, 17, com transmissão ao vivo pela internet. Mais informações na Secretaria do clube ou no site www.jockeyce.com.br.
Voltando às corridas, a seguir as indicações de cada páreo. Boa sorte e um grande festival para todos nós!


O Jockey Club Cearense está pronto para a festa deste sábado

 

CORRIDAS DE 19 DE JUNHO - REUNIÃO Nº 7 - SÁBADO

1º Páreo - 1.500m - 10h
Prêmio Bartolomeu Arruda Câmara
1- Hot-Quartz H.Melo           58-1
2- Chateau Langlet     A.N.Mesquita 54-2
3- Hey Bubble            A.Queiroz       55-3
4- Minotouro  F.H.Costa       55-4
Hot-Quartz - Hey Bubble (1-3)
Hot-Quartz parece ter reencontrado a sua melhor forma e, apesar de ser o top weight da carreira, defende o favoritismo. Hey Bubble, bem montado e em distância de seu agrado, pode chegar a tempo de alcançar o favorito. Chateau Langlet, sempre por perto, e Minotouro, que sabe muito mais, podem ser as surpresas. 

2º Páreo - 1.300m – 10h30
Prêmio Equipe Magi - Taça Jaime Lemos
1- Bills Ryon  A.Maciel         55-1
2- Qui Cest Moi         F.E.Sousa       57-2
3- First Bet     A.N.Mesquita 54-3
4- Carolina Courage   A.Queiroz       57-4
5- Sortudo      W.Gomes        58-5
Sortudo - Qui Cest Moi (5-2)
Páreo interessante e equilibrado. Longe de contratempos, vou indicar uma pule melhor: Sortudo, animal muito fiel e que anda em busca de um comodatário. Qui Cest Moi, corrida com mais juízo, pode resistir até o final. O veloz e provável favorito, Bills Ryon, tentará um bandeira a bandeira e poderá encontrar situação favorável. First Bet, inscrito também na Tríplice Coroa Master e a superior Carolina Courage, ajudam a equilibrar a disputa.

3º Páreo - 1.000m - 11h
Prêmio Criação Cearense - Taça Haras Rancho Dona Conceição
1- Vieux Renard         A.N.Mesquita 54-1
2- Antetokounmpo     E.Sousa           49-2
3- Auspiciosa Parente F.E.Sousa       52-3
4- Obinophone           F.Herbert        59-4
5- Linda Graziela       W.Xavier        55-5
6- Reno           I.Sousa            53-6
7- Homerun    M.Oliveira      55-7
Vieux Renard - Linda Graziela (1-5)
Vieux Renard desce para um páreo mais fraco e aqui poderá encontrar sua primeira vitória. A bela estreante Linda Graziela corria provas mais fortes na Gávea. Se a raia estiver firme, pode ser a surpresa. Homerun venceu prova menos encorpada e tenta repetir. Obinophone sabe muito mais e Auspiciosa Parente, que vem de belos triunfos em Sobral, podem ser as surpresas.

4º Páreo - 1.300m - 11h30
Prova Especial Francisco Edmar Feitosa “In Memoriam”
1- History Buff          A.Maciel         55-1
2- Azzam Luna Kodiak         F.Herbert        54-2
3- Gritante      F.E.Souza       52-3
4- Suave Kick W.Gomes        56-4
Suave Kick - History Buff (4-1)
Suave Kick sempre foi um animal tido em boa conta no Recife. Foi tentar campanha na Gávea e alcançou relativo sucesso, vindo inclusive de vitória. Ficará com a nossa indicação para frente. History Buff, que enfrentou páreos fortes na Madalena e talvez por isso não tenha conseguido vencer, fica para a formação da dupla. Azzam Luna Kodiak, de bons predicados e de apreciável campanha no eixo Sul-Sudeste, pode ser a surpresa.

5º Páreo - 1.100m - 13h30
Prêmio Colaboradores do J.C.CE - Taça Onadina Gomes
1- Namorico    M.Oliveira      55-1
2- Si Si Mon Ami       A.Maciel         55-2
3- Visigodo     A.N.Mesquita 55-3
4- Deserto       A.Queiroz       55-4
5- Condessa D’Ita      H.Melo           55-5
Namorico - Si Si Mon Ami (1-2)
Namorico, ainda perdedor na Gávea, estreou com boa corrida no Recife, dia 22/5, mesmo sem estar devidamente aclimatado. Tem partidários na enturmação. Si Si Mon Ami vem também de boas corridas na Gávea, sendo a principal rival do favorito. Condessa D’Ita, em enturmação mais camarada, e o veloz Deserto, podem surpreender.

6º Páreo - 1.200m - 14h
Prêmio Família Saboya
1- Honky Tonky Woman       W.Xavier        53-1
2- Fangio        H.Melo           55-2
3- Legend Thunder    F.Herbert        55-3
4- Gregoriano Neto    F.H.Costa       55-4
5- La Gata Rubia        A.Maciel         55-5
Honky Tonky Woman - La Gata Rubia (1-5)
Páreo muito equilibrado, onde todos detêm real chance de vitória. Honky Tonky Woman só fazia vencer e evoluir. Na última, derrubou o piloto antes da partida e agora volta como força, mas longe de ser “barbada”. Terá na veloz La Gata Rubia, sua mais temível rival. Legend Thunder vem correndo muito em Sobral e pode surpreender. Dos demais: Fangio encontra aqui uma turma menos indigesta do que a que vem enfrentando, mas não terá vida fácil na primeira parte do percurso; e Gregoriano Neto vem preparado do Recife e regula com a enturmação.

7º Páreo - 1.000m - 14h30
Clássico Francisco Guido Alencar “In Memoriam” - Tríplice Coroa Master - 1ª Prova
1- Impostor Master     A.Queiroz       56-1
2- Olho Mágico          H.Melo           53-2
3- Edisinho     W.Xavier        56-3
4- Regal Aquilo          A.N.Mesquita 53-4
Edisinho - Impostor Master (3-1)
1ª Prova da Tríplice Coroa Master do J.C.Cearense, em que Edisinho, com nome e fama de craque, defende o favoristismo. Único animal com vitória de turma no Sudeste, além de boas colocações, é a força inconteste. Impostor Master, que venceu em sua atuação mais recente, é o principal rival. Olho Mágico, em progressos, pode ser a surpresa para a dupla. Regal Aquilo, que já derrotou ao bom cavalo Touro Bravo em Sobral, aparece aqui algo “enfumaçado”.

8º Páreo - 1.000m - 15h
Clássico Antônio F. Telles Filho “In Memoriam” - Tríplice Coroa Juvenil - 1ª Prova
1- Gavião da Lagoa    H.Melo           56-1
2- Brother For Life     W.Xavier        56-2
3- You Cat      A.N.Mesquita 56-3
4- Tocqueville A.Maciel         56-4
5- King Suarez           F.H.Costa       56-5
6- El Sheriffe  A.Queiroz       56-6
7- Bill Tiger    E.Sousa           56-7
Brother For Life - Gavião da Lagoa (2-1)
1ª Prova da Tríplice Coroa Juvenil do Jockey Club Cearense, uma prova que enche a todos de orgulho e satisfação, pois ver animais de excelente qualidade, importados de alguns dos melhores Haras do Brasil e de linhagens selecionadas, vindo a fazer suas estreias no Jockey Club Cearense, é motivo de muita satisfação. Não temos notícias de trabalhos, mas pelos predicados, vamos com Brother For Life para a ponta, um filho do garanhão sensação Tiger Heart. Para a dupla, vamos com outro bem amparado nas apostas: Gavião da Lagoa. No mais, olho no padoque, no cânter e no jogo do páreo, para escolher seu favorito.

9º Páreo - 600m – 15h30
GP Cristiano Mendes de Cordova Nacimento - A Maior Penca PSI do Nordeste
1- Aktion Glory          F.Hebert         54-1
2- El Negro de Oro    W.Gomes        56-2
3- King Xênon           F.H.Costa       56-3
4- Storm Machine       W.Xavier        56-4
King Xênon - Aktion Glory (3-1)
Páreo em homenagem a um dos maiores proprietários de cavalos PSI do Brasil na atualidade, Cristiano Mendes de Cordova Nascimento, que reúne os animais mais velozes da atualidade no Nordeste. Apesar de vazia, a disputa é bastante equilibrada e promete mexer com o público presente. Aktion Glory é uma “bala" de ligeira. Mesmo sem sair apurada, deve figurar na primeira parte do percurso. El Negro de Oro é um dos animais mais prontos de partida do Recife, que deve agradecer a distância. King Xênon sempre trava lutas titânicas com Aktion Glory na primeira parte do percurso e é animal bastante consistente no Aquiraz. Storm Machine traz na bagagem cartel vitorioso em Cidade Jardim, ponteando vários páreos em 1.000m na primeira turma local, mas parece preferir a raia de grama. Por mero palpite, iremos com a ordem descrita acima.

10º Páreo - 1.000m - 16h
GP Dante Magi
1- Super Academy     F.H.Costa       56-1
2- Honest Boy            A.Maciel         56-2
3- El Bacan     A.Queiroz       56-3
4- Bishop’s Quest       A.N.Mesquita 56-4
5- Danish Ship            W.Xavier        56-5
Super Academy - Danish Ship (1-5)
Prova de velocidade do Festival Magi Averaldo 2021, em homenagem ao Sr. Dante Magi, reunindo animais de excelentes predicados. Super Academy, animal de imensa categoria, foi estendido na última e perdeu para o Forte Cheyenne em cima do laço. Iremos com ele para a ponta. O estreante Danish Ship enfrentava a primeira turma na grama da Gávea, podendo até ser o favorito. Honest Boy traz cartel vitorioso do Rio de Janeiro e pode surpreender. Bishop’s Quest deu um “vareio” em Sobral, arranhando o recorde. Se a pista estiver firme, tentará um “bandeira a bandeira”.

11º Páreo - 1.600m - 16h30
GP Giovanni Magi
1- Ponsardin   F.H.Costa       56-1
2- Touro Bravo           A.N.Mesquita 56-2
3- Berlin Light            W.Xavier        56-3
4- Miracle Mile           W.Gomes        56-4
5- Eggoista     A.Maciel         56-5
6- Gulf Watch            A.Queiroz       56-6
Berlin Light - Ponsardin (3-1)
Chegamos a milha, em homenagem ao Dr. Giovanni Magi, atual Vice-Presidente do J.C.Cearense, que não deixa nada a dever aos melhores páreos nessa distância no Brasil. Berlin Light (5 anos), 8 vitórias (2 CR, 6 GV), corredor clássico, é a força inconteste. O grande Ponsardin, que enfrentou contratempos na chegada ao Aquiraz, pela categoria, é inimigo. Miracle Mile defende o turfe sobralense e só faz evoluir, podendo lutar pela dupla. Dos demais: Gulf Watch, ganhador do Derby gaúcho; o veloz Touro Bravo e o útil Eggoista, ajudam a equilibrar a disputa. 

12º Páreo - 2.200m – 17h
VII GP Magi Averaldo “In Memoriam”
1- Forte Cheyenne      F.H.Costa       56-1
2- Fossato       M.Oliveira      56-2
3- Master Tiko            A.Maciel         56-3
4- Lindo Maravilhoso W.Xavier        56-4
5- Costa Azzurra        E.Sousa           54-5
Forte Cheyenne - Fossato (1-2)
Ponto alto da programação, o GP Magi Averaldo 2021, em sua sétima edição, é uma prova em que serão testados os melhores fundistas do Nordeste. Forte Cheyenne, vencedor do GP Edísio Pereira 2020, voltou no início de maio e, mesmo sem ostentar a melhor forma, venceu com autoridade. Aqui aparece pronto para ratificar sua hegemonia na região. Para a dupla, ficaremos entre: Fossato, animal categorizado e que vem de segundo lugar na Gávea. Vai experimentar uma distância mais alentada, porém deve estar mais adaptado à raia do Aquiraz; e Lindo Maravilhoso, que longe de seu companheiro General Bobby, deverá ditar o ritmo e pode não ser mais alcançado. O grandalhão Master Tiko estreou correndo com agrado na Madalena e é o mais adaptado a esse tipo de percurso, podendo ser a surpresa. Costa Azzurra deverá fazer papel de faixa para o favorito.

DICAS DO DR. MARCAÇÃO
A Barbada: Forte Cheyenne Nº 1 (12º)
A Melhor Dupla: Edisinho - Impostor Master 3-1 (7º)
As Melhores Alternativas: Hey Bubble Nº 3 (1º); Bills Ryon Nº 1 (2º); Homerun Nº 7 (3º); History Buff Nº 1 (4º); Si Si Mon Ami Nº 2 (5º); La Gata Rubia Nº 5 (6º); Impostor Master Nº 1 (7º); Gavião da Lagoa Nº 1 (8º); Storm Machine Nº 4 (9º); Danish Ship Nº 5 (10º); Miracle Mile Nº 4 (11º); Lindo Maravilhoso Nº4 (12º)
A Acumulada Combinada: Hot-Quartz Nº 1 (1º); Berlin Light Nº 3 (11º); Forte Cheyenne Nº 1 (12º)

 - - - - - - - - - - - - - - - - -


HIPÓDROMO DA TABLADA - PELOTAS

RESULTADOS DE DOMINGO (13/6) - REUNIÃO Nº 13

1º Páreo – 1.400m – Prêmio Nathan Levien Vanier – Familia Vanier. 1º Zucchero (H.Oliveira - Redattore/Fazenda Mondesir); 2º Here On Earth; 3º Hip Hop. T: 1’28”3/5.

2º Páreo – 1.200m – Clássico Prefeitura Municipal de Pelotas – Vereador Anderson Garcia – Família Garcia. 1º Ontogo (L.Fonseca - F.T.3a.RS - Glória de Campeão e Sovereign por Unbridled’s Song/Haras Nacional - M.Petrechel); 2º Divino Corunilha. A seguir: Versailles, Mister Rouge e Capitão Fighter. N/C: Windstar. T: 1’13”4/5.

3º Páreo – 1.100m – Prêmio Rações Supra – Alisul Alimentos S/A. 1º King Iniesta (H.Oliveira); 2º Permiso; 3º Rock The Boat. T: 1’10”2/5.

4º Páreo – 1.000m – Prêmio João Luiz Brum Gonçalves – Treinador Emérito – Familia Gonçalves. 1º Harpia Di Miucha (L.Fonseca - Mig/Haras Nijú); 2º Famous Manners; 3º Over All. N/C: Flor de Bryan. T: 1’02”4/5.

5º Páreo – 1.600m – GP J.C. do Rio Grande do Sul – Jornal do Turfe 26 Anos. 1º Fort Red (A.Renan - M.C.6a.RS - Redattore e Joy And Pride por Trempolino/Haras Old Friends Ltda - Stud Lobão de Pelotas - L.F.Santos); 2º Bolt Shot. A seguir: Don Rucca, Summer Holiday e Olympic Laura. N/C: Cumpridor. T: 1’42”4/5.

6º Páreo – 1.900m – 83º GP Princesa do Sul – Ex-Presidente Carlos Moreira Mazza “In Memoriam”. 1º Deep Dream (H.Oliveira - M.C.5a.RS - Redattore e Angel Carina por Elusive Quality/Stud TNT - Oitavo Stud e Hs Princesa do Sul - P.Oliveira); 2º Jeune Coureur. A seguir: Pit Stop, O Sole Mio, Campeão Corunilha, Liberty Corner, Em Cima do Laço e Chico Bento. N/C: Obscène. T: 2’00”3/5 (recorde).

7º Páreo – 1.400m – Prêmio Pedro Ribeiro “In Memoriam” – Familia Ribeiro. 1º Don Jardim (L.Fonseca - Alcorano/Ulisses Lignon Carneiro); 2º Let Me Free; 3º Zagorski. T: 1’28”2/5.

Pista: Areia Macia.
Apostas: R$ 93.000,00.

CURTAS-PELOTAS
Marcos Rizzon

* Viajamos de ônibus - Embaixador - para Pelotas no domingo pela manhã.

* Por coincidência nele estava o Luiz Otávio Silveira (MAPA). Após uma boa conversa dormimos e, em 3h03, chegávamos à rodoviária pelotense, onde estava seu pai - Luiz Carlos Silveira (Haras Retiro Vera Cruz) - esperando.

* De imediato nos dirigimos para o Jockey Club de Pelotas, ao grupo do Marcos Petrechel, onde fomos recebidos pelo amigo Renato Mussi e um grupo de turfistas. O Rabassa foi o responsável pelo excelente churrasco.

* Dali fomos para as corridas, agradecendo desde já o convite do Presidente Antonio Meireles, além da bonita placa de prata que foi oferecida ao Jornal do Turfe e por nos homenagearmos no GP Jockey Club do Rio Grande do Sul.

* Foi um prazer encontrar a Pituca, que mais uma vez compareceu ao GP Princesa do Sul, que foi em homenagem ao seu e nosso saudoso Carlos Mazza.

* O Jockey está uma pintura, tudo certinho. A Vila Hípica, idem.

* Lindas as lojas da Havan, bem como do Stok Center.

* Na parte da comunicação, o gremista Alvaro está à frente.

* Nas narrações o Juliano Barbosa, assessorado pelo Rogério Alves.

* Na retaguarda a eficiente Fátima Nogueira.

* No setor administrativo/financeiro, o eficiente Alesandro Niemczewski.

* Presença do Presidente do Conselho - Jair Barbosa dos Santos -, um batalhador pelo clube.

* O ex fotógrafo do JCPR - Estefano Lessa - lá estava fazendo cliques especiais.

* No fotochart e na fotografia da vitória o eterno César Larrossa.

* Não quero esquecer de nomes, portanto meus parabéns à Diretoria do Jockey Club bem como a ótima equipe de funcionários.

* A pista está excelente e nas provas principais dois vareios: Fort Red (Stud Lobão de Pelotas), com o A.Renan; e Deep Dream (Oitavo Stud/Haras Princesa do Sul), com o Henrique ‘Vassourinha’ Oliveira vassourando os rivais e ainda, batendo o recorde da distância.

* Presenças do Sonaldo, Matheus Faia, Piter, Gibi, Luizinho Ferreira (Global Oil) e parceira, os irmãos Nunes, João Carlos Acosta, do ex jogador Canhoto e sua família, do Francisco Terres Siciliano (em seu 70º Princesa presencial), etc.

* Muitos profissionais de Porto Alegre prestigiaram o evento.

* Mesmo com público diminuto, Adriano ‘Bolão’ Camacho mostrou que é bom no comando dos remates.  

* Até 2022, se Deus quiser, com portões abertos e um grande público. O Hipódromo da Tablada merece!

 - - - - - - - - - - - - - - - - - -


 HIPÓDROMO DA LAGOINHA - GOIÂNIA


O bonito Hipódromo da Lagoinha

 

CORRIDAS DE 19 DE JUNHO - REUNIÃO Nº 18 - SÁBADO

1º Páreo – 1.100m – 15h
1- Navegador  W.Natal  59/61
2- Olympic Kuwait J.Divino  59
3- Itai Tupambae  G.Gouveia  59/60
4- Outgoing  M.Macedo  59/61
5- Mensageiro Avenue  A.N.Santos  59/61

2º Páreo – 1.100m – 15h30
1- Urna de Birigui   J.Divino   59
2- Bonita e Alegre  C.Abade  59
3- Bella do Vale   G.Santos  57
4- Hall Vip   A.N.Santos  59/61

3º Páreo – 1.100m – 16h
1- Whitch Hag  J.Divino  59
2- Irma Furacão  G.Santos  55/57
3- Nuits St. Georges  A.N.Santos  55/61
4- Humor Distorcido  G.Gouveia   61

4º Páreo – 1.300m – 16h30
1- Olympic Juan  A.P.Santos  53/61
2- Desejado Gipsy  A.N.Santos  61
3- Gene Pool  M.Macedo  57/60
4- Hale Bop  J.Divino 59
5- La Plata  W.Natal 55/61
6- Lava Jato  G.Santos 57
7- Viés de Alta C.Abade  59

 

   
     


© 2020 - Jornal do Turfe Ltda.
Copyright Jornal do Turfe. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do Jornal do Turfe.