VERDADEIRAS
Marcos Rizzon

A EMENDA APRESENTADA PELO DEPUTADO GAÚCHO AFONSO MOTTA

Acrescenta à Medida Provisória nº. 846, de 2018, o seguinte dispositivo:
Art. 1º A Medida Provisória nº. 846, de 2018, passa a vigorar acrescida do seguinte dispositivo:
Art. O artigo 14 da Lei nº. 7.291, de 19 de dezembro de 1984, passa a vigorar com as seguintes alterações:
“Art. 14. As entidades promotoras de corridas de cavalos com exploração de apostas poderão captar apostas sobre corridas de cavalos ao vivo ou gravadas, realizadas no Brasil ou no exterior, sendo a escolha do objeto da aposta manual ou automática, a critério do apostador”. (NR)


JUSTIFICATIVA

A redação proposta para o artigo 21, tal como constante do texto original da Medida Provisória 841/2018, priva os Jockeys Clubs do direito, já consagrado na Lei do Turfe, de buscar fontes adicionais de receitas.
O quadro atual do turfe brasileiro é insustentável. A maioria das entidades turfísticas encontra-se em situação deficitária, sendo obrigadas a vender ativos imobiliários para adimplir com suas obrigações. A realização de corridas de cavalo, que já foi uma fonte de lucros, por muitas vezes acarreta resultados negativos, agravando o prejuízo das entidades, pois o seu custo de produção chega a superar o valor arrecadado pelo Jockey com sua retirada das apostas.
Note-se que os Jockeys Clubs atualmente são as únicas entidades privadas com autorização legal para captar apostas. Ainda assim, encontram-se, na maioria dos casos, em estado financeiro deplorável. Se a lei não der a essas entidades a possibilidade de buscar receitas adicionais, os Jockeys Clubs serão fechados, com prejuízo de mais de 30.000 trabalhadores diretos que dependem deste mercado para sua sobrevivência.
Nesse diapasão, é importante que a Lei do Turfe seja adaptada de forma a esclarecer que a captação de apostas pode ser realizada sobre corridas ao vivo ou gravadas, realizadas no Brasil ou no exterior, de forma a reduzir o custo operacional dos Jockeys Clubs. Essa medida permitirá a revitalização do turfe nacional sem ampliar a atuação dos Jockeys Clubes, que continuará limitada a apostas sobre corridas de cavalos.
Dessa forma, a presente emenda é de vital importância para o turfe nacional. Ademais, não acarreta qualquer ônus ou prejuízo para qualquer outro segmento de economia do nosso país.
Diante do exposto, peço, pois, o apoio dos nobres pares para a aprovação desta emenda. (Brasília, 7 de agosto de 2018)

* PAOLO GUERRERO - A nova contratação do Internacional promete agitar com o Hipódromo do Cristal. Guerrero é um apaixonado por cavalos de corridas e corridas de cavalos.


Paolo Guerrero - entre Roberto Melo e Marcelo Medeiros - presença certa por 3 anos no Beira-
Rio e no Hipódromo do Cristal - @SCInternacional


* THE LONGINES WORLD’S BEST RACEHORSE RANKINGS (ATÉ 5/8) - 1º WINX (AUS) - 130 pontos; 2º GUN RUNNER (USA) e POET’S WORD (IRE) - 129; 4º CRYSTAL OCEAN (GB) - 128; 5º BATTAASH (IRE) e CRACKSMAN (GB)  - 125.

* CARTIER RACING AWARDS (ATÉ 8/8) - CAVALO DO ANO: 1º POET’S WORD - 116, 2º Alpha Centauri e Stradivarius - 96; CAVALO ADULTO: 1º POET’S WORD - 116, 2º Cracksman - 88; POTRO DE 3 ANOS: 1º SAXON WARRIOR - 80, 2º Roaring Lion - 78; POTRANCA DE 3 ANOS: 1º ALPHA CENTAURI - 96, 2º Laurens - 88; SPRINTER: 1º BATTAASH e MERCHANT NAVY - 48; STAYER: 1º STRADIVARIUS - 96, 2º Vazirabad - 55.


Poet's Word e Crystal Ocean - ©Racingfotos.com

* MORREU STARRY DREAMER... - Aos 24 anos, na Claiborne Farm, no Kentucky (EUA). Ela é mãe de nada mais nada menos que do grande War Front, além de Ecclesiastic e Teletestai, que servem no Uruguai e na Argentina, respectivamente. A tordilho era filha de Rubiano.


Starry Dreamer - Pinterest

* NO NAY NEVER - É o líder entre os reprodutores de 1ª Geração na Europa. É filho de SCAT DADDY, pai também de JUSTIFY. Campeão 2 anos na França, onde ganhou o Prix Morny (G.1), No Nay Never já produziu 16 ganhadores entre 30 produtos que debutaram, sobressaindo-se Land Force (L e G.2), os vitoriosos clássicos Servalan e Mae Never No, além dos placês clássicos Neverland Rock e We Go.


Juan Carlos Etchechoury (H.) - ESPN

 

* JUAN C. ETCHECHOURY (H.) - A partir de novembro treinará com exclusividade para o Stud Rubio B.. “Carly” terá 50 animais aos seus cuidados em Palermo e outros 50 na pista do Haras La Madrugada.


Juan Carlos Etchechoury (H.) - ESPN

 

* FREDDY VIROU LENDA - De criação do Haras La Providencia e campeão do GP Carlos Pellegrini, morreu aos 19 anos, em Falsalabad, no Paquistão, na última semana. O filho de Roy e Folgada (Lyphard’s Wish), prestava serviço no Dab Stud Farm local.


Freddy

* APOSTAS NA ARGENTINA - Fechado o mês de julho, as apostas totalizaram 350.982.369 pesos, 18,60% a mais do que foi apostado no mesmo período em 2017. Pela primeira vez os 3 hipódromos superaram a cifra de 100 milhões de pesos. San Isidro ficou com 37,40%, Palermo ficou com 33,87% e La Plata, 28,73%. Foram apostados de janeiro a julho - 2.090.926.866 pesos - 12% acima do ano passado.  

* ASIATIC BOY - Aos 15 anos, tríplice coroado em Dubai, está trocando nesta temporada o Haras Abolengo pelo La Mission Robles, situado próximo a Cidade Autônoma de Buenos Aires, sobre a “ruta 8”. É pai dos ganhadores de G.1 - Vale Dori, Galicado e Ejecutor.

* CRACKSPEED - Este argentino filho de Easing Along, do Stud Santa Elena, que vinha de 2º para Logrado (Manipulator) no Gran Premio República Argentina (G.1) e para The Great Day (Harlan’s Holiday) no Gran Premio Estrellas Classic (G.1), foi adquirido pelo reconhecido proprietário norte-americano Earle I. Mack.

* AUGUSTO GARCIA (I) - Nosso abraço ao amigo que completou 71 anos no último dia 2 de agosto. Saúde!

* AUGUSTO GARCIA (II) - Está oferecendo para venda ou troca a clássica XANIA THUNDER. Informações: (51) 99658-8450.

 

 
 

© 2018 - Jornal do Turfe Ltda.
Copyright Jornal do Turfe. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do Jornal do Turfe.