VERDADEIRAS
Marcos Rizzon

* SAUDI CUP - Foi lançada oficialmente na quarta-feira, 7, a prova mais dotada do planeta em 2020 - US$ 20.000.000 (bolsa total) sendo US$ 10.000.000 ao proprietário do vencedor - e que será disputada dia 29 de fevereiro, no Hipódromo de Al-Janadriah, em Rhyad, na Arábia Saudita, sobre 1.800m, areia. Poderão correr no máximo 14 animais, sem custo algum, sendo que os 3 primeiros colocados da Pegasus World Cup estarão classificados. Mas a Saudi Cup não estará só, pois teremos outras corridas (areia e grama) com excelentes premiações.

* GHOUL - No domingo (4/8), no Hipódromo de Saratoga (EUA), tivemos a estreia de Ghoul (4.Put It Back), que largou bem, tomou a ponta e parou só nos 350m finais. Grande atuação. O Allowance Optional Claiming, em 1.100m, grama, foi vencido por Frontier (4.Ghostzapper), com José Lezcano. Tempo: 1’00”84.

* ARROCHA E VETTORI KIN - No domingo, 4, no Hipódromo de Ellis Park, tivemos a disputa do Kentucky Downs Preview Kentucky Turf Cup Stakes (US$ 100.000 - 2.000m, grama) e quem levou a melhor foi Factor This (4.The Factor), que dirigido por Florent Geroux, derrotou por cabeça a Botswana (4.Graydar). Tempo: 1’59”12 (recorde). Arrocha (5.Pounced) foi o 6º (a 2 corpos) e Vettori Kin (6.Vettori) o 8º, a 5 ¼ corpos.

* IMPERADOR NEGRO - Nesta seção dois flashes da vitória deste filho de La Fúria Negra, no GP Stud Agenda, em Alegrete. Festa para o amigo Hequer Ribeiro (Babão) e sua família.


Hequer (Babão) com seu Imperador Negro

 


A fotografia da vitória de Imperador Negro

 

* LEILÃO DO GP PARANÁ É SHOW DE QUALIDADE - Dividido em 3 etapas e num novo horário, começando às 15h30, o tradicional Leilão do GP Paraná chega no próximo dia 21 de setembro a sua 33ª edição, e mais uma vez será realizado no sábado, véspera da prova máxima do turfe paranaense. Famoso pela quantidade de grandes corredores nele negociados, a começar por Gorylla - campeão do GP Carlos Pellegrini, maior prova do nosso continente, o evento deste ano reunirá potros de 2017 na 1ª etapa, animais em treinamento na 2ª, e um seleto lote de produtos da geração 2018 na 3ª etapa, estes que serão leiloados em prol da nova pista de grama do Tarumã. Outro destaque do leilão é a totalidade da Geração 2017 do criador Carlos dos Santos, que com reduzida produção anual tem altíssimo índice clássico e acaba de nos brindar com uma máquina como Taksim. Esta será a 1ª vez que Carlos dos Santos irá leiloar sua produção, e aliás sem nenhuma reserva. O que mais se destaca, nos 3 distintos lotes, é a qualidade.

* TOO DARN HOT - O melhor 2 anos do velho continente de 2018 e que vinha fazendo grande campanha este ano teve a sua campanha encerrada. O filho de Dubawi na craque Dar Re Mi (Pivotal), foi operado de uma fratura na canela e servirá no Dalham Hall Stud de Newmarket. Treinado por John Gosden e pilotado por Frankie Dettori, correu 9 vezes com 6 triunfos, 2 segundos e 1 terceiro, totalizando em prêmios 1.320.181 libras. Venceu o Dewhurst Stakes (G.1), Solario Stakes (G.3), Champagne Stakes (L), Prix Jean Prat (G.1) francês e o Sussex Stakes (G.1), além de finalizar em 2º nas 2000 Guineas (G.1) irlandesas e no Dante Stakes (G.2), e 3º no St.James’s Palace Stakes (G.1) de Royal Ascot.

* MATECO - Estreará nesta temporada como reprodutor em La Mission Robles, na Argentina, onde atuará com os campeões Asiatic Boy (Not For Sale) e Storm Mayor (Bernstein). O filho de Borrego e Implosión (Vision And Verse) foi 3º no Clásico Miguel Cané (G.2), 1º no Clásico Botafogo (G.3), 2º no Haras Argentinos (L), 1º no Handicap Martinet, 1º no Clásico Benito Villanueva (G.2) e 1º no Gran Premio de las Américas - OSAF (G.1).

* JUAREZ MARTINEZ NUNES... - Conhecido em Pelotas como Juca Gago, nos deixou. Turfista ainda dos antigos de quatro costados, técnico pela ETP, proprietário de cavalos, certamente fará muita falta no rol dos amigos frequentadores da Tablada. Juca Martinez, através de John Troyanos, com Miguel Barreto “up”, venceu o GP Princesa do Sul de 1999. Aos seus familiares os nossos sentimentos.


Juca Martinez com o troféu nas mãos


* ANDRÉ HAAR - O jornalista que há pouco mais de duas semanas deixou a Record TV RS, assumiu o comando do jornal SBT Rio Grande, no SBT RS. Marcelo Chemale, que apresentou a atração provisoriamente durante dois meses, voltou às ruas no cargo de repórter, além de participar ao vivo do jornal todos os dias direto da redação. Haar começou na televisão em 1991, na Band. Depois, passou 13 anos na RBS/TVCom e contabiliza, ainda, passagem pela TVE.

* RENATO DORNELES - Este jornalista não está mais no Grupo RBS, do qual fazia parte havia 33 anos. Ele ajudou a implementar o Diário Gaúcho, em 2000, e atuou em diversas funções dentro da empresa, como repórter, editor e colunista. Atualmente, assinava duas colunas no DG. Ainda, trabalhou nas rádios Gaúcha, Farroupilha e Metrô FM. Em 2017, Renato lançou ‘Central: O Filme’, do qual é codiretor. A produção é baseada em sua obra ‘Falange Gaúcha - a história do Crime Organizado no RS’.

 

 
 
 

© 2019 - Jornal do Turfe Ltda.
Copyright Jornal do Turfe. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do Jornal do Turfe.